08222019Qui
Última atualizaçãoSeg, 10 Dez 2018

slot

Eventos

Empresas Parceiras

icon Facebook-logo-v2-tmpgicon Google Plus logoicon Twitter logoicon youtube-logo-transparent

Previsão do tempo

Porto Alegre, RS

Umidade:
Vento: em


/


/


/


/
KWeather is powered by Kaleidoscoop

Our partners

Our partners

  • ja-news-1
  • ja-news-2
  • ja-news-3

Palavra: Mais que feliz!

“Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a DEUS” (Mt 5:8).

Hoje é mais um dia que temos a oportunidade e privilégio de passar na presença do Senhor!

Felicidade é um estado de espírito em que há completa satisfação, contentamento e onde não existe nenhum sentimento de tristeza na vida de uma pessoa. Mas até quando pode durar uma felicidade plena? Difícil dizer, não?

A Bíblia, Palavra de Deus, nos orienta a respeito das bem aventuranças e o que elas irão nos oferecer se, firmes e até o fim, seguirmos Jesus fazendo a vontade do Pai. A bem-aventurança significa o estado abençoado daquele que, por seu relacionamento com Jesus e Sua Palavra, receberam de Deus o amor, o cuidado, a salvação e Sua presença diária.

Há certas condições necessárias para recebermos as bênçãos do Reino de Deus e devemos viver de acordo com os padrões revelados por DEUS na Sua Palavra. Existem alguns adjetivos inerentes à bem-aventurança, que indicam o caráter do bem-aventurado e demonstram uma mudança de comportamento e atitude por parte de alguém. E JESUS falou sobre isso quando subiu ao monte, ensinando os seus discípulos (Mt 5:1-12).

– Há de ser humilde. A humildade é uma característica do bem-aventurado. Humilde aqui significa despir-se (no sentido de tirar do corpo) do orgulho e ser sensível ao ministério de Deus para o seu bem e receber do Senhor a bem-aventurança: “Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus” (Mt 5:3).

– Deve ser sensível. “Chorar” no sentido de contristar-se com as nossas fraquezas, quando as medimos com o padrão divino de justiça. É sentir pesar por aquilo que entristece a Deus. É sentir aflição em nosso espírito por causa do pecado, da imoralidade e da crueldade que prevalecem no mundo: “Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados” (Mt 5:4).

– O manso, refere-se à submissão diante de Deus. É aquele que acha em Deus um refúgio e lhe consagra todo o seu ser. Preocupa-se mais com a obra e o povo de Deus do que com aquilo que lhe possa acontecer pessoalmente: “Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra” (Mt 5:5).

– Fome e sede de justiça, desejo de ouvir e fazer a vontade de Deus. É uma condição primordial para ter uma vida santa e estar na presença do Senhor. O estado espiritual do crente durante toda sua vida depende da sua fome e sede da presença de Deus, da Sua Palavra, da comunhão com Cristo, da justiça e da volta do Senhor. “Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos” (Mt 5:6). Quando a fome de Deus cessa no crente, este morre espiritualmente.

– A compaixão também faz parte da vida do crente, que pratica a fé indo de encontro às necessidades dos outros. Os misericordiosos estão cheios de compaixão e dó para com os que sofrem por causa do pecado e desejam minorar os sofrimentos, conduzindo os aflitos à graça de Deus através de Jesus. “Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia” (Mt 5:7).

– Os limpos de coração e separados para Deus são os que foram libertos do poder do pecado mediante a graça de Deus, e que agora se esforçam para agradar e glorificar a Deus. Procuram ter amor à justiça e ódio ao mal. Seu coração está em harmonia com o coração de Deus. “Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus” (Mt 5:8).

– Os pacificadores deixam passar, ao invés de vingar e procura a restauração da comunhão. Eles já se reconciliaram com Deus e tem paz com Ele mediante a cruz. E agora se esforçam, por meio de seu testemunho e sua vida, para levarem outras pessoas, inclusive seus inimigos, à paz com Deus. “Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus” (Mt 5:9).

– Os perseguidos por causa da justiça são aqueles que procuram viver de acordo com a Palavra de Deus e amam a Sua justiça. Esses serão impopulares, rejeitados e criticados porque se recusam a concordar com o pecado no mundo e, por isso, sofrerão oposição e perseguição. “Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus” (Mt 5:10).

Amados, por causa de Cristo seremos perseguidos, maltratados, desprezados e, muitos, até mortos. Mas não podemos deixar de pregar a Palavra de Deus e o que ela representa para todos que aceitam a Jesus como salvador e Senhor. O próprio Jesus nos garantiu as bem-aventuranças e as recompensas que virão delas. Só nos resta, então, continuar por este poderoso e brilhante caminho chamado Jesus.

 

Por Pb Sidynei Moreira

Fique por dentro!

Músicas

Bingo sites http://gbetting.co.uk/bingo with sign up bonuses