08222019Qui
Última atualizaçãoSeg, 10 Dez 2018

slot

Eventos

Empresas Parceiras

icon Facebook-logo-v2-tmpgicon Google Plus logoicon Twitter logoicon youtube-logo-transparent

Previsão do tempo

Porto Alegre, RS

Umidade:
Vento: em


/


/


/


/
KWeather is powered by Kaleidoscoop

Our partners

Our partners

  • ja-news-1
  • ja-news-2
  • ja-news-3

Religiosidade ou renúncia? Qual a sua escolha?

Na história da igreja em Gálatas, Paulo apresentou a sua defesa, enfatizando através de cartas que a justificação é pela fé e não pelas tradições da religião, porque havia naquele lugar, membros de um partido judeu legalista (judaizante) que insistiam em colocar dúvidas nas mentes dos recentes cristãos a que Paulo havia evangelizado, e tornado a estes alguns de seus discípulos. A Galácia era uma Província de Roma Antiga, e nos mapas de hoje, dá para imaginar geograficamente ali por perto da Turquia, Alemanha e Síria.

Aquela facção religiosa ensinava que a salvação era precedida das tradições da Lei de Moisés. Mas, Paulo combatia as heresias, e reafirmava aos crentes que a salvação, conforme JESUS havia pregado não depende de sacrifícios próprios, nem de esforço pessoal, nem de mutilações do corpo, nem depende da meritocracia humana. As cartas de Paulo também se ajusta para a igreja deste século 21.

Ora, para Jesus as tradições NÃO tem valor algum (Gálatas 5:6). Por isso, a igreja do século 21 deve viver bem esclarecida acerca destas coisas. Então, a escolha que o Apóstolo Paulo deixou para a nossa reflexão de hoje neste artigo é Escravidão ou Liberdade? A lei ou Cristo?? Religião ou Renúncia? Carne ou Espírito?

Escravidão ou liberdade?

A Bíblia diz que éramos escravos da lei do pecado e da morte (Rm 8:2), e, que depois de Cristo haver vencido esta escravidão na Cruz do Calvário, nós, os que cremos, e que não andamos segundo a vontade da carne, passamos a receber o Espírito de adoção de filhos, por havermos vencido o espírito de medo, a que todos os escravos são submetidos. (ver Romanos 8:15).

Na época da escravidão do povo hebreu, havia muita pobreza nas vidas e casas das famílias escravas. Os impostos da coroa de seus algozes eram absolutamente elevados, e, muitas vezes até impagável! Outros gananciosos como os templos e as cooperativas também elevavam suas taxas, gerando mais e mais escravidão para o povo hebreu e para outros pequenos grupos de cativos do grande império dos reis como Herodes, por exemplo.

A história nos ensina que uma das maiores causas da escravidão das sociedades é a pobreza de uns, provocada pela ganância de outros! A ganância é o tesouro de alguns, mas o tesouro de outros é a liberdade!
Daqui devemos fazer uma pequena reflexão: Aonde está o seu tesouro? Escravidão ou liberdade?
Dentre mais reflexões podemos afirmar que Deus não deseja que seus filhos tenham uma mentalidade escrava, mas se libertem do jugo da mente para acreditarem que são livres para adorar!

Sobre isso, o apóstolo Paulo, além de falar à igreja da galácia, adverte também os corintos, que a cegueira dos filhos de israel já foi desvendada quando Cristo chegou. Alguns abrem mão dos véus, que legalmente, foram colocados em suas mentes, outros porém, resolveram retirar o véu ao se converterem à LIBERDADE (JESUS)!… Todo o véu se rasgou!
Por isso, aonde há o Espírito do Senhor, aí há liberdade” ( 2 Cor. 3:17)

A lei ou Cristo?

A lei é um jugo pesado! É um fardo diário para quem ainda está submetido à escravidão. A tradição rouba tempo e energia, causa sofrimentos e dores físicas. Quantas pessoas se autoflagelando para alcançar alguma graça no nordeste, norte e outras regiões de nosso Brasil? Pessoas que sobem grandes escadarias ou percorrem muitos quilômetros flagelando os joelhos criados por Deus como forma de gratidão a algum vulto do passado, que reconstruido a sua imagem por mãos humanas, cobram os seus “impostos” …

Quantas crentes cheios de ativismos legais e religiosos estão correndo atrás do vento, fazendo aquilo que Jesus NÃO mandou fazer para conquistar aquilo que Jesus NÃO mandou conquistar?… Que jugo é este? Que lei é esta? Jesus NÃO nos mandou lutar para alcançar uma posição de alto escalão na igreja.
Pense bem, muita gente “entrando” em igrejas para se tornarem personagens famosas de sucesso ou perpetuarem seu nome e a sua carreira artística que levava no mundo?! Quantas pessoas “entrando” na igreja no afã de logo, logo se tornarem líderes e apóstolos?!…

Você NÃO precisa “entrar” numa igreja para ser salvo. Você precisa SER uma igreja para entrar no céu!!

Mas, o princípio espiritual da leveza e da fé é o descanso na cruz. Ele se cansou e morreu por nós. Você não pode se salvar! Você não pode pagar o seu pecado!

Paulo adverte aos Gálatas que nem a circuncisão, nem a incircuncisão tem valor algum para, mas a fé que atua pelo amor é que validada por Cristo na Cruz (Gal. 5:6).
Quem impediu você de obedecer à verdade? A lei? (Gál. 5:7). Jesus é a verdade! Daqui extraímos mais uma lição: Que os rituais são irrelevantes!

Os rituais são pesados, escravizam a mente e causam dores e enfermidades físicas. Porém, quanto a Cristo, o seu jugo é SUAVE e o seu fardo é LEVE (Mt. 11:30). Vá ao encontro DELE e entregue todo o seu peso em seus braços!!
“Porque o fim da lei é Cristo para justiça de todo aquele que crê”. (Rm. 10:4).

Carne ou Espírito?

Ainda no livro de Gálatas 5, o Apóstolo Paulo adverte mais uma vez os filhos de Israel sobre a rebeldia contra Deus, e chega a desejar que os falsos profetas ou hereges daquele partido político (vs 7) fossem mutilados em vez dos imaturos cristãos (vs 12). Isso é provável por conta da “teimosia” do ensino orgulhoso da tradição, da lei e da religião em desfavor da Aliança com Cristo. Estes sofreriam a condenação por negarem a Cristo (vs 10).

Negar a Cristo é a maior de todas as falhas da humanidade, pois até hoje, ninguém conseguiu provar que o Filho construiu TODAS as coisas com o Pai desde o princípio. Há diversas teorias acerca da criação, porém, até as teorias passam a funcionar como religião pela “fé” naquilo que NÃO pode ser comprovado, não é mesmo? É melhor negar a “teorias” a negar a revelação de Deus provada pela natureza.

Essa luta da carne (rebeldia) contra o espírito foi também dissecada por Paulo em seu ministério apostólico. Ao não se levar em consideração que o espírito tenha a maior importância em nosso corpo, o homem passa a viver deliberadamente como escravo da carne (pecado), portanto, escolhem a rebeldia contra o próprio Deus. A premissa rebelde é “Se Deus não faz sentido algum, logo, tanto faz pecar e pecar contra ele!! Alguns se libertam, outros morrem escravos do pecado. Ao ignorar o Espírito, o homem está morto (Ef. 2:1-10). Portanto, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é Dele!
As obras da carne são conhecidas, e muitos não desejam RENUNCIÁ-LAS, mas veja que foram prevenidas pela Bíblia quanto às suas consequências: “os praticantes das obras da carne não herdarão o reino de Deus” (Gál. 5:21). A palavra chave para herdar o REINO DE DEUS é: “RENÚNCIA”.
Aqui cabe a penúltima reflexão para os nossos dias: O que você escolheu, a vontade de se satisfazer e ser condenado por seus abusos de rebeldia (frutos da carne) ou a vontade de se libertar e ser salvo (Frutos do Espírito)?

Religião ou Renúncia?

Essa é a parte mais delicada deste estudo. Pense muito bem na leitura, e não deixe a sua mente escapar da libertação mental e espiritual neste momento. A sua vida inteira está em jogo! Todos os seus esforços, e todos os seus méritos, ou aquilo tudo que foi empregado para a sua salvação, também estão em jogo neste momento! Muitos cristãos escolhem as “rotinas” em vez de “renúncias”. E, isto, infelizmente, não passa de um logro, o qual pode deixá-los fora do reino dos céus!

As rotinas religiosas são contagiantes, recheadas de diversos compromissos ritualísticos, agendas, responsabilidades sociais, festas, etc. E, talvez ao sobrar um tempinho, lembrar que o MAIS IMPORTANTE é um relacionamento PESSOAL com DEUS!… E, mais importante ainda é a MUDANÇA radical de uma mente meramente religiosa para uma mente de Cristo, logo após estabelecido o diálogo sincero com Deus. Com ele não se brinca! Ninguém pode enganar a Deus!!
Pense bem; você pode cumprir o horário de abrir e fechar o portão da igreja, mas pode ficar de fora do reino de Deus, se não houver A RENÚNCIA DO PECADO EM SUA VIDA!! Não basta ser de uma igreja, deve-se ABANDONAR “aquele” pecadinho voluntário e escondido! A Graça de Cristo NÃO dá licença para a prática do pecado!

João ensinou em seu evangelho que ao conhecer a verdade, a verdade o libertaria (João 8:32).
Este texto é dirigido a cristãos: há muita gente “enganada” dentro das missas e cultos evangélicos, cumprindo o papel da religião bem bonitinho, mas NÃO cumprindo o papel de uma mudança radical de vida, nem do novo nascimento.
Se não há mudança, não há herança de Deus! Portanto para Cristo, a MUDANÇA, que é A RENÚNCIA DO PECADO, vale mais do que a vida religiosa!

“Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, MAS SERVI-VOS UNS AOS OUTROS PELO AMOR.
14 Porque toda a lei se cumpre numa só palavra, nesta: ‘Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.’
15 Se vós, porém, vos mordeis e devorais uns aos outros, vede não vos consumais também uns aos outros.
16 Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne.
17 Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis.
18 Mas, se sois guiados pelo Espírito, NÃO ESTAIS DEBAIXO DA LEI.” (Gálatas 5)

Se assim o for, SE O ESPÍRITO GOVERNAR VOCÊ, então, o pecado não mais terá domínio sobre sua mente e sobre o seu corpo, nem sobre as suas emoções.

Paulo advertiu sobre a RENÚNCIA, sem estas renúncias você NÃO terá direito à HERANÇA DO PAI. É chegado o dia de sua salvação!!!!

NÃO IMPORTA QUAL O SEU TÍTULO OU CARGO NA SUA IGREJA AGORA!!! MAS, ORE AO PAI AGORA E CLAME AOS CÉUS PARA QUE VOCÊ RENUNCIE ESTAS COISAS ABAIXO EM FAVOR DE SUA HERANÇA NO REINO DE DEUS, porque as obras da carne são manifestas, elas tem nome as quais são:

“Adultério, prostituição, impureza, lascívia,
Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias,
Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus.” (Gálatas 5:19-21)

Aqui cabe a última reflexão deste pequeno texto:
A MAIOR DECISÃO DE SUA VIDA SERÁ ” A RELIGIÃO OU A RENÚNCIA”, qual a sua escolha?

Pense bem; você pode estar na igreja, pode ter a sua carteirinha de membro, pode até líder de música, diácono ou pastor ou apóstolo. Mas, a reflexão que pode mudar de vez a sua vida para sempre E GARANTIR a sua HERANÇA NO Reino de Deus é: VOCÊ JÁ RENUNCIOU AS OBRAS DA CARNE?

Conclusão

Se você levou a sério a verdade da Palavra de Deus, talvez neste momento você tenha quebrado aquele orgulho religioso tolo ao qual você se tornara um escravo sem direito à herança do Pai. Agora talvez fique mais evidente a escolha sobre aquilo que é RELEVANTE no reino de Deus. O que é mais RELEVANTE, o que se GOSTA ou que se RENUNCIA por causa de Cristo???

E, se você deseja de verdade uma transformação de Cristo em sua vida, então você será um “novo homem” ou “nova mulher” por haver crucificado a carne!

Daí, todos ao seu redor serão verdadeiramente abençoados pelos seus frutos do espírito. Sua vida mudará, e você passará a experimentar o VERDADEIRO REINO DE DEUS, onde não há condenação divina, porque os Frutos do Espírito são:

“Amor, Alegria, Paz, Longanimidade,
Benignidade, Bondade,
Fé, Mansidão, Temperança (ou domínio próprio). (Gál. 5:22-23).

Então, você exalará a semente transformadora de Cristo pela terra! Você deixará de ser uma ekllesia religiosa para ser uma igreja transformadora. É de transformação que o mundo precisa, e, não de “religião”, pois a religião não transforma nada.

 

Prime

Fique por dentro!

Músicas

Bingo sites http://gbetting.co.uk/bingo with sign up bonuses