09262017Ter
Última atualizaçãoQui, 21 Set 2017

slot

Convenção Batista Nacional proíbe convite a cantores e pastores que cobram 'cachê'

Mês de setembro, a Convenção Batista Brasileira irá celebrar seu jubileu (aniversário de 50 anos) e a data significativa vem chegando acompanhada da publicação de decisões marcantes em seu 'manual do mensageiro'.

Serão proibidos no âmbito da CBN: convites a cantores / preletores que cobram por suas participações e a promoção de política partidária.

Segue abaixo o trecho do documento que aborda sobre o assunto:

1. Convite a preletores e cantores no âmbito da CBN.

“É vedado a CBN, seus Órgãos e Instituições, juntamente com as CBEs, fazer convites a pregadores, cantores e outros que façam quaisquer exigências financeiras. E também que se verifique se os convidados tem vida compatível com os valores do Reino de Deus e da doutrina, princípios e valores da CBN”.

2. Proibição de política partidária no âmbito da CBN.

“Fica proibida a divulgação de propaganda política partidária no âmbito da CBN, seus órgãos e instituições, bem como nas CBEs, seja essa propaganda realizada por meio das redes sociais ou qualquer outra forma de apoio e divulgação a quaisquer candidatos e também é vedado o uso da logo da CBN por quaisquer candidatos em campanha política”.

Segundo o registro do próprio documento, a decisão já havia sido tomada em Brasília, no mês de abril de 2016, pelo Conselho Nacional de Planejamento e Execução da CBN. Porém acabou ganhando projeção nacional com esta nova publicação.


Contexto

A medida adotada oficialmente pela CBN se dá em um tempo no qual os dois pontos abordados têm gerado grande polêmica entre diversas igrejas evangélicas.

Enquanto os 'cachês' cobrados por muitos cantores e preletores são considerados abusivos por muitas igrejas, a crescente busca de políticos pelos púlpitos nos templos em período eleitoral também tem sido alvo de duras críticas de muitos cristãos.

Fonte: Guia-me

Bingo sites http://gbetting.co.uk/bingo with sign up bonuses