01182018Qui
Última atualizaçãoQua, 03 Jan 2018

slot

Notícias

Nigéria anuncia morte do líder do Boko Haram

O exército da Nigéria afirmou nesta quarta-feira (24) que o líder do grupo Boko Haram, Abubakar Shekau, foi morto. As autoridades nigerianas não explicaram, porém, como e quando isso aconteceu.

O Boko Haram é um grupo extremista islâmico que tenta criar um califado no noroeste da Nigéria. Para isso os terroristas mataram e expulsaram milhares de pessoas incluindo muitos cristãos desde 2009.

  • O exército da Nigéria afirmou nesta quarta-feira (24) que o líder do grupo Boko Haram, Abubakar Shekau, foi morto. As autoridades nigerianas não explicaram, porém, como e quando isso aconteceu.O Boko Haram é um grupo extremista islâmico que tenta criar um califado no noroeste da Nigéria. Para isso os terroristas mataram e expulsaram milhares de pessoas desde 2009.

Em abril deste ano uma ação do grupo gerou uma manifestação internacional quando os extremistas cercaram uma escola em Chibok e sequestraram mais de 200 meninas. Muitas conseguiram fugir, outras continuam desaparecidas.

A morte de Shekau já havia sido anunciada em duas oportunidades nos últimos anos, mas esta é a primeira vez que o exército nigeriano faz um anúncio oficial feito pelo porta-voz militar Chris Olukolade.

Um combatente islamita, chamado de Mohamed Bashir, também foi morto durante combates na cidade de Kondunga, em Borno, segundo informações de Olukolade.

“Bashir tem atuado ou aparecido em vídeos como se fosse o falecido Abubakar Shekau, o excêntrico personagem conhecido como líder do grupo Boko Haram”, disse o porta-voz. Com informações G1.


Após comparar Ivete Sangalo a Jesus Cristo, Mara Maravilha se irrita com criticas

Durante um show de Ivete Sangalo em São Paulo, no Espaço das Américas, Mara Maravilha fez comparações da cantora com Jesus Cristo, por conta da simpatia com que foi recebida no camarim.

“Amo a Ivete. Ela é uma pessoa que, além do talento, tem humildade, generosidade. Acabei de sair do camarim e falei que Ivete está parecendo Jesus: quanto mais a gente as aproxima, mais a gente gosta, mais a gente quer”, disse Mara.

A admiração da apresentadora por Ivete imediatamente gerou criticas contundentes na internet, principalmente nas redes sociais por conta da comparação feita por Mara e compartilhada em uma postagem no Instagram.

Mara afirma ter se convertido há 18 anos e que não aceita ser rotulada como “religiosa alienada”. “Falaram um monte, aí que começa a baixaria. ‘O que você estava fazendo lá? Crente não tinha de estar em lugar assim’, me falaram. Eu fui e vou onde eu tiver vontade de ir”, reagiu.

A apresentadora também fez comparações com o comportamento de Jesus, afirmando que ele andava com pessoas e que ela escolheu andar “com as periguetes, como Jesus andou”. “Jesus também foi na casa de Zaqueu, foi na casa do cobrador de impostos. Jesus andava com as pessoas, andava com Maria Madalena. Eu vou andar com as periguetes, como Jesus andou. Estou de saco cheio de hipocrisia”, desabafou Mara.

Mara também avaliou o perfil das pessoas que a criticaram. “Tem uns que se dizem cristãos, mas o verdadeiro cristão tem coração de amor. Grande parte dos que me criticam são pessoas que se dizem crentes, mas crente pra mim é de amor e de paz, de generosidade. Se são crentes, porque me julgam? Eles têm de viver a vida deles!”, alfineta.

Apesar da polêmica e das críticas, Mara voltou a repetir sua fala explicando que comparou Ivete a Jesus porque ela seria cativante e que a cantora seria iluminada, feliz e alegre.

“Começaram a comentar com um monte de hipocrisia. O que eu disse é que Ivete está semelhante a Jesus, e que Ele é assim, quanto mais a gente se aproxima, mais a gente vê o quanto ele é lindo e quer ficar perto. Ivete é iluminada, feliz, alegre. Isso é bom e o que é bom é semelhante a Deus e Deus nos fez para sermos semelhantes a ele mesmo. À sua imagem e semelhança”, afirmou.

Cid Moreira diz que narrar a Bíblia é a “fase derradeira e gloriosa” de sua trajetória de 70 anos de carreira

Famoso por sua voz grave e firme, o jornalista, narrador e apresentador Cid Gomes está prestes a comemorar 70 anos de carreira profissional e afirma que a fase mais “gloriosa” dessas décadas de trabalho é a atual, em que se dedica a gravar a Bíblia em áudio.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Ex-âncora do Jornal Nacional – que apresentou por 27 anos – Cid Moreira tem dedicado os últimos anos a narrar os livros bíblicos e afirma que essa é sua “derradeira” missão.

“Olha, a minha vida é de fases. Tive fase do rádio, fase de cinema, fase de TV, e agora estou na fase bíblica. Estou divulgando a Bíblia. Tenho conseguido resultados maravilhosos”, disse Cid às jornalistas Carolina Dantas, Fernanda Perrin, Flávia Faria e Natália Portinari, colaboradoras da coluna de Mônica Bergamo no jornal Folha de São Paulo.

Cid explica que ao longo dos anos, os projetos de transformar a Bíblia em áudio foram sendo aperfeiçoados e popularizados. “Por exemplo, a Bíblia que eu gravei, com trilha de cinema, efeitos, personagens, vamos dizer assim, o cego vê as imagens. A intenção é que as pessoas vejam. Essa Bíblia foi incluída num aplicativo que tem acesso de mais de cem milhões de pessoas no mundo”, comemorou.

Questionado se a prática religiosa era algo presente na sua vida, Cid não titubeia em responder: “Não era, mas agora eu sou. Milagre da Bíblia. Você começa a ler a Bíblia, trabalhar com a Bíblia, e as coisas vão acontecendo”, disse o apresentador, que espera concluir seus projetos em breve.

O interesse pela Bíblia, diz ele, surgiu “no início da década de 1990, quando gravei Salmos” para um projeto isolado. “A Globo me ajudou muito. Gravei vários clipes, trechos da Bíblia, enfim. [Agora] começou a fase que vai ser a minha fase derradeira e gloriosa. Estou completando no final do mês 70 anos de carreira”, finalizou

Maluf se compara a Jesus: “Injustiçado”

O deputado federal Paulo Maluf (PP-SP), candidato à reeleição, foi chamado de “ladrão” durante carreata no bairro do Brás, em São Paulo, e se comparou a Jesus Cristo para minimizar as ofensas.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

“Quem entra na vida pública tem de saber que também Jesus Cristo foi injustiçado, JK foi injustiçado, Getúlio [Vargas] (ambos ex-presidentes) foi injustiçado. Muita gente foi injustiçada”, afirmou o ex-prefeito da capital paulista.

Maluf se mantém em campanha mesmo após a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de barrar sua candidatura a deputado federal. Ele foi considerado “ficha suja” por conta de condenações na Justiça, que o considera responsável por casos de corrupção à frente da prefeitura paulistana.

Os ministros do TSE negaram recurso do político e entenderam que ele se tornou inelegível após a condenação por crime de improbidade administrativa durante o mandato dos anos 1993 a 1996.

A Justiça Federal se apoiou em decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo que, em 2013, condenou o ex-prefeito, acusado de superfaturamento durante a construção do Complexo Viário Ayrton Senna, segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo

Porém, Maluf não desiste e vai se manter em campanha: “O acórdão do TJ foi explícito que não há dolo nem enriquecimento ilícito. A condenação do prefeito foi muito clara: culposa. Portanto não gera inelegibilidade [...] Nós vamos continuar [em campanha], dentro do nosso Estado de Direito, sem nos enervar e sem nenhum tipo de tristeza, nos defendendo. Eu não estou impedido de fazer campanha. E meu número vai estar na urna eletrônica”, argumentou o ex-prefeito.

Apesar do pensamento positivo de Maluf, os gritos das pessoas que viram sua carreata demonstram o descontentamento da população em geral com seu histórico de envolvimento com escândalos de corrupção. “Seu vagabundo. Ladrão. Seu safado”, eram as frases mais ouvidas por quem acompanhava a carreata de Maluf.

JOGADORES DO SANTOS SE PREPARAM OUVINDO MUSICA DO FERNANDINHO "GRANDES COISAS"

 

Um vídeo dos bastidores da preparação do time do Santos Futebol Clube para uma partida do Campeonato Brasileiro está repercutindo nas redes sociais entre internautas evangélicos por causa da música “Grandes Coisas”, do cantor Fernandinho.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

No vestiário do clube, os jogadores ouviam a canção enquanto se preparavam para enfrentar o Figueirense, na Vila Belmiro. O atacante Robinho, que seria evangélico, diz para a câmera: “O DJ é top!”. Nessa partida, o clube santista venceu por 3×1.

“’Tu És o Deus dessa terra’. Vai! ‘Tu És o rei desse povo, És o Senhor da nação. Tu És’”, canta o jogador, que está emprestado ao Santos pelo Milan até o meio de 2015.

A música continua tocando no vestiário, e o vídeo mostra vários jogadores do elenco santista refletindo sobre a mensagem da letra e cantando.

Um grito de “Eu creio” surge ao fundo, e a câmera vira e mostra o atacante Gabriel, considerado revelação do clube, cantando: “Grandes coisas estão por vir, grandes coisas vão acontecer neste lugar. Tu És o Deus dessa terra, Tu És o Deus desse povo                  

Evangélicos

O Santos já foi assunto no meio evangélico por causa de seus atletas cristãos em outras oportunidades.

Entre 2008 e 2010 o jogador Roberto Brum, evangélico, protagonizou entrevistas coletivas inusitadas e divertidas, sempre falando de sua fé em meio aos assuntos do clube e das partidas que seriam disputadas. Atualmente, aposentado como jogador profissional, Brum é pastor e treinador de futebol.

Outro jogador que passou pelo clube e sempre reitera sua fé cristã é Neymar, atualmente no Barcelona. O atacante sempre faz referências e agradecimentos a Deus em suas entrevistas, comemorações e redes sociais.

Quando começou a fazer sucesso, um pastor revelou que Deus o havia usado anos antes para profetizar o sucesso profissional em sua carreira.


Bingo sites http://gbetting.co.uk/bingo with sign up bonuses