08222019Qui
Última atualizaçãoSeg, 10 Dez 2018

slot

Eventos

Empresas Parceiras

icon Facebook-logo-v2-tmpgicon Google Plus logoicon Twitter logoicon youtube-logo-transparent

Previsão do tempo

Porto Alegre, RS

Umidade:
Vento: em


/


/


/


/
KWeather is powered by Kaleidoscoop

Our partners

Our partners

  • ja-news-1
  • ja-news-2
  • ja-news-3

A igreja que transformadora

Você já ouviu falar na igreja que transforma?

Esta igreja segue pela fé, e não pela opinião dos outros. Seguindo a cultura de Cristo, a igreja transformadora segue de acordo com a opinião de Deus e, portanto na contramão do mundo, gerando novos filhos de Deus!

E, nesse sentido, aqui no Brasil, é uma igreja que não pode ser uma “agencia secreta”, formando e capacitando “agentes secretos” do Reino de Deus e de Cristo! Devemos ser agentes de mudança; agentes de transformação em nossa sociedade, não na força do próprio braço, é claro, porém, pelo poder do Espírito Santo e, em nome de JESUS!! Esse é o papel da igreja transformadora. Membros de clubes não! Agentes do Reino Eterno!!

Como disse Paul Washer: “Se você é filho do Rei Eterno, nada nessa terra pode lhe satisfazer, a satisfação está nas coisas do alto”.

Contudo, só discurso não vale!… Por isso, Jesus deixou um legado não apenas de oração, comunhão e discurso, mas ele nos deixou um legado inconfundível através de “Atos” e “atitudes”. Gestos e Atitudes de hoje mudam e transformam realidades amanhã!

Você não nasceu de novo para ficar dentro da igreja, mas tanto você quanto a sua igreja existem para anunciar o evangelho às outras pessoas, às outras famílias, aos outros povos e nações!

A Igreja Transformadora nasce há mais de dois mil anos atrás, e, abala o mundo inteiro com a verdadeira mensagem de transformação. Seus líderes são chamados, treinados e formados pessoalmente por Jesus, Aquele, cuja “denominação” é o Caminho, a Verdade e a Vida. O radicalismo desta igreja é a hospitalidade através da compaixão e do amor. A mensagem principal tem poder em umverbo significativo e, ao mesmo tempo imperativo, com a proposta radical de mudança e restauração da humanidade perdida em pecado: “Arrependam-se!”

A missão desta igreja é dar continuidade à missão de Jesus, que é fazer a vontade do Pai, a partir de ações geradas por causa do exercício da fé com o Auxílio e a ajuda do Espírito Santo.

A igreja de Atos transformou vilas, povoados, comunidades, cidades, reinos e nações com uma proposta de multiplicação do reino de Deus. A atuação desta igreja é absolutamente forte para fora de seu campo do que dentro de seu telhado. Ela experimenta o maior avivamento de todos os tempos quando os seus membros saem a campo para levar a mensagem de Cristo, o renovador de vidas. A igreja convida os pecadores para o arrependimento. Aqui não se passa a vida toda estudando a pessoa de Deus, mas executando a vontade de Deus!

A igreja transformadora nasce com uma proposta de estabelecer o reino de Deus em vez de uma nova religião ou denominação. Seus jovens apóstolos foram escolhidos não por serem os melhores escribas ou saduceus, e intérpretes da lei de sua época, mas foram pobres pescadores, indoutos da lei e da teologia, mas “doutores em aprender” e “mestres em atitudes”. Então, Pedro anuncia com vigor: “Salvai-vos dessa geração perversa” (Atos 2:40).

O Brasil está cheio de “evangélicos”. Números não faltam!! Mas, o que o país precisa mesmo é da essência do EVANGELHO!!!
A cultura de Cristo em nossa nação!
“…E, tudo se fez novo.” 2 Coríntios 5.17″ (Apóstolo Paulo, falando sobre novidade de vida).

Os Atos dos Apóstolos

Os povos dessa igreja são abençoados a partir dos atos dos apóstolos (Atos 2:43).

A igreja transformadora é aquela que vai gerar intensa comunhão para os novos chegados ou novos convertidos.

Comunhão tem o significado de chamar para perto os de longe; sentido de agregar valor e unir pensamentos. A comunhão gera resultados extraordinários. Ver três mil batizados em uma única investida missionária, é sinal de eficiência na mensagem divulgada. Obviamente que sem unidade de pensamento, resultados de avivamento como este não se ouviria falar. As cidades está sendo abalada com estes acontecimentos. Algo de “novo” está chegando em alguma vila vizinha também. Certamente que não era apenas mais algum assunto religioso que revolucionava as cidades ao redor. Era a “mensagem do reino” abalando as trevas e transformando as famílias, crianças, jovens, adultos e velhos!!

Uma outra reflexão a fazer aqui é que essa igreja transformadora não se pode conquistar uma rua, um bairro ou uma cidade, se não houver comunhão com outra igreja transformadora. Isolamento social não gera resultados para um reino eterno e inabalável.
O que o conselho de pastores de sua cidade está organizando para a sua cidade? O que pensa a sua convenção sobre a segregação? Uma igreja transformadora agrega valor coletivo.

Quando duas ou mais igrejas transformadoras se unem com o mesmo propósito de Cristo, a “Igreja de Cristo” consegue atingir o seu feito original.

A mensagem da igreja contemporânea e da igreja do século 22 em diante jamais deverá deixar de ser a mensagem que deixaram João Batista deixou, Jesus ratificou e Pedro lembrou. A mensagem de transformação espiritual, que é única: “Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo (Atos 2:38). É óbvio que esta mensagem não é para os que já se arrependeram e estão dentro dos templos, aprendendo a exercitar esta missão. 

A verdadeira missão da igreja de todos os tempos é esta. Um brado de transformação para o mundo velho, oprimido e cansado. E, o mundo oprimido está fora dos templos, precisando de Jesus.  Foi por isso que Jesus fez um convite que só ele podia fazer: “VINDE A MIM”. Não existe outro sentido para a igreja que não seja anunciar o evangelho. Jesus tem interesse em ajustar as emoções daquele que ouve e confia o seu convite.

A OMS divulgou em uma de suas pesquisas em 2012 que a metade da humanidade corre o risco de adoecer com depressão nos próximos 20 anos. E, não a ONU que irá prover conselheiros, com a mensagem de hospitalidade para a cura desse mal. Será a igreja!  Os hospitais e clínicas não tem o poder que Jesus tem para curar o aflito em suas emoções, mas será a igreja do futuro, com o poder transformador, outorgado por CRISTO e revestido do Espírito Santo, que convidarão estas pessoas com a mensagem da esperança que ainda não findou: “Vinde a mim os oprimidos”. Venham aqueles que perderam tudo!

Venham os angustiados, os depressivos e amargurados em suas emoções!!! JESUS pode transformar o seu mundo de dores e aflições em um universo de paz e esperança!! Venham todos os que querem vida! Venha todos aqueles que tem sede de justiça, tem sede de água viva. A verdadeira paz não está na ciência, nem na tecnologia, nem na religião. Mas, sim no homem se voltar para Deus, crendo em Cristo! É óbvio que a Bíblia também narra eventos de homens influentes, líderes políticos, funcionários públicos, comerciantes, militares e homens ricos também vieram a Cristo!!

A mensagem do Reino de Deus

A mensagem do reino de Deus é de fé, esperança e amor. Porém, a maior de todas é o AMOR!

Uma Prefeitura não pode transmitir esta mensagem de ESPERANÇA,  de JUSTIÇA ETERNA à sua população. O Estado não tem como suprir esta necessidade do mundo, e os governos não podem suprir a carência espiritual e emocional de uma nação, pois lhes falta o Espírito Santo!!!

Portanto esta missão de transformação das sociedades é dada à igreja! É vc igreja, que foi chamada para representar o convite outorgado por Jesus, e, pelo poder do Espírito Santo, recebeu a missão de transformar  a realidade de uma terra vulnerável, morta em seus delitos e pecados, em um reino eterno, repleto de justiça, um reino inabalável e rico em amor e cuidado inesgotáveis para a humanidade!!

Há quem critique os atos sociais que alguns agentes de transformação praticam em suas comunidades, contudo, críticas humanas não abalam as igrejas transformadoras, se Jesus praticou ações sociais também em festas de casamento (vinho), em praias (pães e peixes), nas ruas (serviços médicos aos enfermos), visitas (lázaro e Zaqueu). Portanto, igreja transformadora, não precisa de “críticos”, precisa de “Cristo”.  A igreja que transforma, não atua apenas no campo espiritual, e nas emoções, atua também no repartir do pão (Atos 2:42).  Você já ajudou algum irmão, parente, amigo ou vizinho hoje??

Vc, que ainda mantém tradições deste século 21, pode estar se perguntando mentalmente: “o que eu tenho a ver com isso”. Se você é cristão, esta também é a sua missão como igreja! O mundo prega a desigualdade e o egoísmo. O mundo prega que não deve ser sua preocupação se alguém está precisando de alguma ajuda! Mas, você não está aqui para obedecer às regras desta vida, nem se conformar com este século! Você está aqui para ajudar a transformar a vida de seu próximo!! A igreja transformadora vende propriedades e reparte com a outra igreja. A igreja transformadora não aceita a desigualdade social! É repartir o pão, e repartir com alegria e singeleza. Não existe grupo de elite na cultura de Cristo, mas há singeleza de coração (Atos 2:46). ISTO SIM É OFERTA!!

É como exorta o Evangelista Billy Graham: “não é o povo que deve procurar a igreja, é a igreja que deve OFERTAR AJUDA indo ao encontro do povo”. É a mesma mensagem de Jesus!! A mesma proposta da igreja modelo. POSSO AJUDAR!!! A Igreja de Atos atuava em várias frentes e vertentes. A ênfase de sua atuação não parava somente nas curas, nem nas obras, nem na comunhão, nem nas orações, nem na doutrina dos apóstolos. Não havia um SUS (sistema único de serviço), mas em todos os serviços de transformação eram atuantes os seus membros.

A igreja de Atos, uma igreja de atitudes, demonstrou dessa forma também o que se pode investir tempo e recurso na sua verdadeira missão! Não existe sentido tudo isto, se não houver uma meta de multiplicação do evangelho, não pela força, mas pela graça. A igreja de Atos consegue cair na graça do povo e com isso havia multiplicação e avanço nas metas de salvação através de Jesus!! Sem metas nada se avança, nada se conquista!! Contudo, cuidado! Igreja não é uma empresa! Uma igreja transformadora atua pela causa de Cristo, uma empresa não.

O SLOGAN da Igreja Transforma é esta ” Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do Senhor (Atos 3:19).

A Igreja transformadora tem apenas um reino

Por fim, a igreja transformadora tem apenas um rebanho, um só PASTOR, uma só fé, e apenas um Salvador.

Ela não defende o seu CNPJ ou seu pequeno reino (não importa o tamanho dele), pois isso não faz sentido para o evangelho! Quando vários pequenos reinos pensam em seus próprios reinados (não importa o tamanho), esquecem de permanecer na Doutrina dos Apóstolos, que é uma doutrina de UNICIDADE!

Fragmentar o REINO DE DEUS E DE CRISTO, em vários reinos humanos, é um desvio de proposta do evangelho pleno. A fragmentação fragiliza o reino de Deus!! O reino dividido está fadado ao fracasso. Mas, o reino forte é aquele que não divide a sua força!

O que faz de fato sentido é dizer “amém” é concordar que todas as igrejas juntas podem conquistar o que conquistou a igreja de atos, pois eles estavam juntos em oração (Atos 2:42).

Reflita nisso: já pensou se o seu Conselho de Pastores ou Conselho de Apóstolos pudesse reunir vários líderes, discípulos de Cristo (independente de suas bandeiras ou títulos), para mudarem a realidade de uma cidade?

Claudio Santos

Os textos aqui apresentados não representam a opinião do Canal Cristão do Sul.

 

Fique por dentro!

Músicas

Bingo sites http://gbetting.co.uk/bingo with sign up bonuses